Uma agência salvadora de almasData de publicação: 01/06/2021

Uma agência salvadora de almas

Olá, queridos líderes. A coluna Aventureiros de hoje traz um relato que foi compartilhado com exclusividade para o nosso site pela líder de aventureiros Carla Feliz lá de Indaiatuba, São Paulo. Esse relato é uma linda história de salvação e de mudança de vida que mostra a importância do clube para a criança e para a família.

Segue o relato:

“Meu nome é Carla Feliz, sou casada e tenho 2 filhas, Emily e Sophia. No ano de 2014,  estava muito pensativa e aflita. Queria ter uma profissão e queria uma igreja para  frequentar. Achava muito importante que minhas filhas tivessem a oportunidade de frequentar uma igreja como eu e o pai delas tivemos. Então, de madrugada, orei a Deus  pedindo para mostrar o caminho a seguir, qual profissão e qual igreja frequentar. Naquela mesma noite, tive um sonho e senti que era uma revelação de Deus. Sonhei que estava trabalhando com arte e crianças. Tive uma lembrança já esquecida da infância: quando era adolescente, ensinava meus irmãos. Nós brincávamos muito de escolinha e fazíamos várias atividades. No ano de 2015, me matriculei no curso de Licenciatura em Artes Visuais. Naquele mesmo ano, conheci minha vizinha, Bete Alcarde. Então, ela falou sobre o Clube de Aventureiros; naquela época, minha filha Emily tinha 9 anos e começou a participar da classe Mãos Ajudadoras. Naquele mesmo ano, ela participou do Aventuri com o tema ‘A Arca de Noé’ e chegou em casa totalmente diferente, pois fez teatro da história da Arca de Noé para a irmã Sophia e contava do amor de Jesus para todos da família. Ela me perguntou: ‘mamãe estamos procurando uma igreja e porquê não vamos na Adventista?’. Então, eu dizia que seria muito difícil guardar o sábado e não conseguiríamos... 

Com o tempo, ela foi pregando sobre o amor de Deus e que podíamos pedir ajuda para ele. Começamos então a fazer a tentativa de guardar o sábado e iniciei o curso bíblico com minha amiga Bete e seu esposo Dárcio. Eu nunca tinha ouvido falar sobre o porquê guardar o sábado e com o estudo bíblico, soube de toda a verdade. Me batizei no ano de 2018 e fui investida com o lenço, dentro do tanque batismal, pela Diretora do clube. Deus realmente mudou minha vida. A música de testemunho no meu batismo foi ‘Santuário no Tempo’, de Adoradores. Não tenho nenhum adventista na minha família e mesmo assim todos ficaram felizes com minha decisão. Eu vi a mudança na minha filha e quis também mostrar essa luz de Deus através dos meus atos. Hoje, sou professora de Educação Infantil na rede Adventista e conselheira na classe de Abelhinhas, no clube de Aventureiros Luzeirinhos de Indaiá.”.

 

O batismo e admissão de Carla.
 

Verso bíblico: Salmos 112: 1 

Louvai ao Senhor. Bem-aventurado o homem que teme ao SENHOR, que em seus mandamentos tem grande prazer”.

Nalva Martins

Nalva Martins

Líder de Aventureiros

Natal/RN

MNe/UNeB