Como conseguir água no meio da mata?Data de publicação: 23/12/2016

Como conseguir água no meio da mata?

Olá galera aventureira que gosta de desbravar novas Aventuras! Esta semana, retomando os nossos trabalhos, iremos falar um pouco sobre um dos itens essenciais para sobrevivência na mata: a obtenção e purificação de água.

A água é essencial em nossa vida e sem ela, seria impossível sobreviver. Nosso corpo, como prova disso, é composto de 75% de água. O Planeta Terra tem cerca de ¾ de sua totalidade composta de água. Mas onde podemos encontrar água potável, própria para o consumo humano?

Neste vídeo trago algumas formas de obter água potável, ou se não a for, purificá-la para que assim você possa ingeri-la com segurança.

Neste vídeo demonstro como purificar água através de meios artificiais, contudo, é importante ressaltar que uma das principais formas, e das mais eficientes, é a purificação através da fervura. Além das fontes para obtenção que veremos no vídeo, tal como o bambu, podemos obter água através de:

[embed]https://www.youtube.com/watch?v=ODHWKQYp38Q[/embed]

Rios: A sede faz com que o ser humano tome atitudes precipitadas em busca de água. Cuidado para não tomar água empoçada, ou seja, água parada. Esta água pode ter sido contaminada. Verifique a coloração desta, se está turva e se há presença de odores. Fique atento se perto dali existem fezes ou animais mortos. A presença de água corrente é um bom indicador de que esta água pode ser consumida.

Chuva: É uma ótima fonte de água, pois é confiável. Se notar que o tempo está propício para chuva, faça um buraco (cerca de 15 cm de profundidade) e forre com um plástico, prendendo as pontas por fora com pedras. Após a tempestade, é possível localizar água em troncos de árvores. Tome nota para saber se esta água não estava ali antes da chuva. Uma camiseta pode ser usada para captar a água, basta torcê-la depois em um recipiente.

Orvalho: Logo pela manhã é possível captar água de folhas, deixada pelo orvalho da madrugada: basta usar a técnica da camiseta. Outra forma é colocar as folhas dentro de uma sacola plástica e amarrá-la, logo e só sacudir os galhos da árvore.

Cipó d’água: Se encontrar esta espécie de cipó pode cortá-lo e a água fluirá como uma pequena bica. Evite o cipó com casca escura e pequenos espinhos, pois a água tem um gosto muito azedo. Prefira o cipó com casca mais clara e lisa. Corte primeiramente a parte de cima e depois a de baixo, pois evita o desperdício.

Neve: Coloque a neve em um recipiente, exponha ao sol e espere descongelar. Até em locais muito frios nosso corpo precisa se hidratar.

Praia: Mesmo que esteja sem beber água por muito tempo, não beba água salgada. Ela pode acelerar o processo de desidratação. Você poderá fazer um poço na areia próximo a costa, alinhando madeiras nas laterais para que não desmorone quando encher; coloque pedras ao fundo e terá água filtrada em poucos minutos.

Plantas e Frutas: Muitas plantas e até mesmo as frutas possuem água em sua composição, ingerindo-as, você estará se reidratando. Tome cuidado com plantas que não conhece. Geralmente as bromélias acondicionam boa quantidade de água, por um tempo significativo, após um período de chuvas.

Espero que esse vídeo, rico em técnicas de purificação, possa ajudá-lo caso esteja em condições extremas de sobrevivência ou talvez para ministrar uma instrução para seu clube.

Forte abraço a todos!

Everson Munari

Everson Munari

Líder Máster Avançado

Paraná

Regional no estado do Paraná - [email protected]