Como escolher uma boa mochila?Data de publicação: 01/05/2020

Como escolher uma boa mochila?

Certamente, dor nas costas e pouco espaço para carregar seus objetos não é algo bem-vindo, principalmente quando se fala em trilhas e camping. Na hora de escolher sua mochila, é preciso levar em conta vários aspectos que poderão tornar sua atividade prazerosa ou um pesadelo a curto e longo prazo. Por isso trago a vocês algumas super dicas:

Os primeiros fatores a se levar em conta são: o tempo e o percurso. Não é muito inteligente levar uma mochila cargueira de 80L, mesmo que não esteja lotada, para uma caminhada de poucas horas, carregar um monte de tecido vazio também é desconfortante, então, no momento da escolha, compre a que se adeque a sua atividade mais comum.

Hoje o mercado oferece mochilas dos mais variados preços e tamanhos, que vão de 30 a 90L, as de maior volume são conhecidas como cargueiras.

Vejamos algumas características ergonômicas que uma ótima mochila cargueira deve apresentar, porque espaço e resistência não são tudo:

  1. Regulagem de altura, por ser uma mochila grande, ela precisa se adequar a altura de quem usá-la.
  2. Alças com prendedores, no peitoral para equilibrar o peso e na barriga, para centralizar o peso nos quadris. 
  3. Acolchoamento dorsal, com aberturas para passagem de ventilação, que proporcione conforto na hora de carregar o peso e evite lesões.
  4. Barras metálicas embutidas verticalmente na parte posterior, que ajudarão a manter a postura e evitar lesões na coluna.

As mochilas de 30 a 50L, ideais para pequenos percursos, são mais funcionais e não exigem uma estrutura tão complexa quanto as cargueiras, pois no seu uso deve ser levando mais em conta O QUE LEVAREI a O QUANTO LEVAREI. Então ela é bem mais simples

  1. Acolchoamento dorsal, que traga conforto na hora de carregar o peso e evite lesões.
  2. Alças com prendedores, no peitoral e na barriga, mantê-la estável e justa ao corpo.
  3. Quantidade considerável aberturas e compartimentos, para melhor organização, localização e retirada de objetos.

Uma grande barreira entre o caçador de aventuras e o equipamento de qualidade, na maioria das vezes é o custo. Quanto melhor e moderno, mais alto será o investimento, isso mesmo, investimento! O bem-estar e a saúde física devem ser prioridade na escolha de qualquer produto, pois a economia e o improviso podem trazer danos com custos até mais altos ao corpo e ao bolso. Então, pesquise bem, invista e tenha uma boa aventura.

Jacques Silva

Jacques Silva

Líder Máster de Desbravadores

Teixeira/PB

Capelão no clube Órion MNe-PB/UNeB