IDENTIFICANDO PLANTAS SILVESTRES COMESTÍVEISData de publicação: 15/06/2018

IDENTIFICANDO PLANTAS SILVESTRES COMESTÍVEIS

Olá desbravador que gosta de aventura? Quando se está fazendo um acampamento em uma mata que existe uma grande variedade de plantas, é muito bom ficar por dentro de tudo que se pode aproveitar na natureza para o nosso benefício, inclusive quando estamos falando de identificar plantas que podem ser usadas para matar aquela fome que dá quando se está em um acampamento. Na matéria de hoje, vamos aprender como identificar algumas plantas silvestres comestíveis, cuidados que devemos ter e alguns benefícios que elas podem nos trazer.

Dica de como identificar:

Não é fácil identificar se uma planta é comestível ou não, você não pode sair por aí provando cada uma que vê. É importante está sempre atento aos detalhes que a natureza dá, por exemplo, se vemos que algum animal come uma determinada planta, é bem provável que ela seja boa para o consumo, ao contrário se vemos uma planta intocável por animais é sempre bom ficar atentos e evitar. Algumas medidas podem ser tomadas para identificar se a planta é realmente comestível, pode-se espreme-la em um local sensível de sua pele, no lado de cima do cotovelo, se não provocar nenhuma irritação, pode ser um sinal de que ela não é tóxica. No mais, é sempre bom dar aquela pesquisada e conversar com especialistas e com pessoas que fazem o consumo daquela determinada planta, assim você pode ter mais precisão ao ingerir uma planta, fruto ou semente. Pensando nisso, o ME Aventura vai deixar uma lista de plantas que você pode consumir sem problemas:

1.Aroeira (Schinus terebinthifolia)

As sementes da aroeira podem ser usadas para temperar comidas, elas também são chamadas de pimenta rosa, e suas folhas servem para comer, como também para banhos aromatizantes, chás para beneficiar a pele e para fabricação de pomadas cicatrizantes.

   

2.Caiuia/Pixirica (Clidemia hirta)

Bem parecida com a ortiga, mas totalmente diferente, a "Caiuia" possui um fruto bem pequeno e roco, que pode ser consumido e usado na fabricação de geleias. Possui folhas bem macias que não causam irritação na pele.

    3.Flor de Pincel (Emilia fosbergii Nicolson) Sua flor pode ser usada em risotos, sopas e saladas, e suas folhas também, inclusive são usadas para chás e sucos verdes, bons para combater infecção urinária.         4.Taioba (Xanthosoma taioba) A taioba pode ser consumida refogada e os tubérculos cozidos ou assados. É rica em vitaminas e sais minerais. Em hipótese alguma deve ser consumida a de talo roxo, é toxica.       5.Araçá (Psidium cattleianum) Possui grandes quantidades de vitamina A, B e C, além de proteínas e carboidratos e ainda tem um gostinho bem peculiar.       6.Araruta ( Maranta arundinacea) É rica em fibra, vitamina B, livre de glúten, e possui vários outros benefícios que valem a pena dar uma pesquisada na internet e achar umas receitas.         7.Bredo/Caruru (Amaranthus viridis) Suas folhas podem ser consumidas refogadas ou em saladas, existem uma variedade de receitas que se podem fazer com essa planta.         8.Beldroega (Portulaca oleracea) Servem de ingrediente para pratos refogados, assados e sopas. É rica em ácidos graxos ômega-3 e seu sabor tende a variar de acordo com a forma de cultivo.    

9.Dendezeiro, (Elaeis guineenses)

Além de produzir o dendê que é usado para a fabricação de óleos, pode ser comido cozido, possui um pequeno coco dentro da extremidade do dendê, o caule da planta ainda pode ser usado para fazer palmito.       10 - Gravatá (Neoglasiovia variegata) Usado para o tratamento de úlceras, bronquites e tosse, ainda pode proporcionar um suco delicioso.       11- Língua de sapo/Erva-jabuti (Peperomia pelúcida) Pode ser consumida crua, cozida ou como chá. É uma boa fonte de ferro e indicada para o controle de colesterol e hipertensão.       12 – Agrião (Nasturtium officinale) Bom para os ossos e músculos, rico em vitamina K, o agrião é sado como tempero de comidas, sopas e em sucos verdes também.         13 - Trançagem (Plantago major) As folhas podem ser usadas em salada ou refogadas. É medicinal, para afecções estomacais, como chá, e para a pele, em feridas, picadas ou acnes.       14 - Dente-de-leão (Taraxacum officinale) Rico em minerais como ferro, cobre, potássio e zinco, pode ser usado no tratamento de diabetes. Suas folhas podem ser usadas para chás e saladas.     15 – Hibisco (Hibiscus) Além de espalhar sua cor vermelha em receitas, o Hibisco tem um sabor azedinho muito bom. É possível utilizá-lo em chás, sucos verdes, saladas, geleias.

 

 

Swámeze Silva

Swámeze Silva

Líder de Desbravadores

Ribeirão/PE

Diretor de Clube de Líderes - APe/UNeB