O poder da mãeData de publicação: 22/05/2020

O poder da mãe

“Depois de Deus, o poder da mãe para o bem é a maior força conhecida na Terra.” (Ellen White, LA, p.240)

Nesta semana separamos um dia para homenagear e presentear aquelas mulheres que dedicam a vida na grande missão de ser mãe. Com certeza, temos muitas mães de lenço amarelo ou vinho. Além daquelas que são literalmente mães, há aquelas que como diretoras ou conselheiras são uma extensão da educação materna no Clube de Desbravadores ou no Clube de Aventureiros.

Frederick Kruse disse que a “mãe é a única criatura na Terra que pode chorar quando está feliz, rir quando está triste e trabalhar quando está doente.” Multiplicam-se as suas funções, porém, a cada dia que os filhos crescem, o amor da mãe também cresce. Mário Quintana resumiu na forma de um lindo poema o poder da mãe: MÃE.../São três letras apenas as desse nome bendito / Três letrinhas, nada mais e nelas cabe o infinito / E palavra tão pequena, confessam mesmo os ateus / És do tamanho do céu e apenas menor do que Deus!

É incalculável como uma mãe pode influenciar a vida de um filho. Olhe para Moisés e veja que a educação que ele recebeu de Joquebede nos primeiros anos de vida foram fundamentais para que,  mesmo vivendo no Egito, ele ainda guardasse no seu coração o temor de Deus. Olhe para Samuel e perceba que é impossível ver o homem que ele se tornou e não ver, em sua história, a devoção de sua mãe Ana, na formação de seu caráter. E chegamos ao clímax, quando vemos o cuidado que Deus teve em escolher entre tantas mulheres, Maria, para criar o menino Jesus, pois Deus sabia que essa escolha definiria o futuro da humanidade.  É por isso que Ellen White diz que “é impossível calcular o poder da influência de uma mãe que ora. (LA, p.266)

A Bíblia diz que devemos honrar as nossas mães, e esse mandamento é o único acompanhado de uma promessa: “para que se prolonguem os seus dias na terra que o SENHOR, teu Deus, te dá.” (Êx 20:12). E de que formas práticas podemos honrar as nossas mães? Segundo a Bíblia, fazemos isso quando, ao sermos jovens, obedecemos às suas instruções (Pv 6:20) e mesmo depois de velhos, não desprezamos ou nos esqueçamos dela (Pv 23:22).

Não é uma tarefa fácil para elas: noites sem dormir, preocupações infinitas, deixar muitas vezes de ter algo para si, apenas para dar o melhor para os filhos, mas existe uma certeza: se a gratidão e recompensa não vierem ainda nessa terra, com certeza virá no céu. Para aquelas que “se empenharem pela felicidade da família, esforçando-se para formar caracteres à imagem divina, os anjos arrolarão o seu nome junto dos maiores missionários do mundo. (EGW, LA, p.235)

Com certeza, o céu revelará que muitos que chegaram lá tiveram,  em sua infância,  os joelhos dobrados de uma mãe amorosa e essas mães também terão a sua recompensa: “Quando assentar-se o juízo e abrirem-se os livros; quando for pronunciado o ‘bem está’ do grande Juiz e sobre a fronte do vencedor for colocada a coroa de glória imortal, muitos erguerão suas coroas à vista do universo reunido e, apontando para sua mãe dirão: ‘Ela fez de mim tudo o que sou mediante à graça de Deus. Sua instrução, suas orações, foram abençoadas, para minha eterna salvação.” (EGW, Maranata, p.306)

Queridas mães que usam no seu pescoço um lindo lenço, que vocês sintam em sua vida o poder do Espírito Santo a lhes ajudar! Queridos desbravadores e aventureiros, que vocês possam honrar fortemente as suas mãos, pois depois de Deus, o poder da mãe para o bem é a maior força conhecida na Terra!

Maranata!!!

Thiago Alves

Thiago Alves

Líder Máster Avançado de Desbravadores

Caruaru/PE

Pastor